O que é Coaching?

O que é Coaching?

O que é Coaching

AUTORA:LUCI AZEVEDO PEREIRA- Psicóloga CRP-0389/05 e Mestre em Psicologia Social pela UGF-Diretora da PHC-Potencial Humano Consultoria

O termo coach vem da palavra coche, do inglês medieval, que significava carruagem e a ideia de transportar. Ainda hoje, tem o significado de auxiliar pessoas a transitar de um estado atual para um outro desejado.

O conceito de coaching originou-se no esporte e por alguma razão temos coaches de tênis e instrutores de esqui. Ao longo do tempo, a instrução de tênis deixou de ser tão dogmática e técnica e a instrução de esqui mudou também.

O ensino de tênis, do esqui e do golfe foi abordado há mais de duas décadas pelo educador e especialista em tênis de Harvard, Timothy Gallwey, que lançou o desafio com o livro intitulado The Inner Game Of Tennis (O jogo interior de tênis), rapidamente seguido por The Innner  Skiing (O esqui interior) e The Inner Game of Golf(O jogo interior do golfe).  A palavra “interior” era usada para indicar o estado subjetivo do jogador ou, para usar palavras de Galwey: “o adversário dentro da própria cabeça é mais formidável do que o do outro lado da rede”.

Gallwey chegou a afirmar que, se o coach é capaz de ajudar o jogador a eliminar ou reduzir os obstáculos internos a seu desempenho, ocorrerá uma inesperada capacidade natural para aprender e para realizar sem a necessidade de muita contribuição técnica da parte do coach.

Com sua contribuição, Gallwey conseguira identificar a essência do coaching.

Coaching Entenda esse Processo

Coaching é desbloquear o potencial das pessoas para maximizar seu próprio desempenho. É ajudá-las a aprender em vez de ensinar a elas.  Se pensarmos que aprendemos a andar independente da instrução de nossos pais, passamos a concluir que todos nós temos uma capacidade de aprendizagem natural embutida, que na verdade pode vir a ser contaminada pela instrução.

Os livros de Gallwey coincidiram com o surgimento de um modelo psicológico mais otimista,   deixando em segundo plano a  visão comportamental de que somos recipientes vazios onde é necessário derramar tudo. O modelo de Gallwey sugere que somos como frutos do orvalho contendo potencialidades para ser um orvalho magnífico. Precisamos de encorajamento para progredir mas,  a  essência  e a força está dentro de nós.

Tim Gallwey foi talvez o primeiro a demonstrar um método simples de coaching que poderia ser aplicado a qualquer situação, conforme demonstração em seu livro Inner Game of Work( O jogo interior do trabalho).

Dessa forma, podemos dizer que o coaching é um processo de desenvolvimento comportamental planejado, englobando a orientação para a prática de atividades específicas com o objetivo de desenvolver habilidades e competências, realização de metas e aperfeiçoamento do desempenho.

O processo de Coaching  visa buscar resultados com o máximo padrão de qualidade e o menor desgaste possível.

A maior transformação com o Coaching é permitir que o profissional ou a pessoa desenvolva a percepção sobre si mesma, sobre aqueles com quem se relaciona e sobre o contexto em que atua.

A percepção ampliada das situações vividas no dia-a-dia ajuda na análise, diagnóstico e processos decisórios.

Coaching com Psicodrama

A maioria das abordagens de coaching utiliza o método cognitivo de investigação e análise com perguntas estruturadas. Esse método permite que o cliente tome consciência de suas ações repetitivas indesejáveis, desconstruindo padrões, tendo clareza dos fatos e situações e buscando, com objetividade, ajudá-lo a construir o futuro desejado. Aspectos importantes como emoções e sentimentos presentes nas atitudes e ações não são consideradas para a construção do futuro.

Na metodologia psicodramática, o Coachee pode se conectar com a emoção e o sentimento vividos nos papéis e, por meio de investigação racional, rever sua forma de agir no mundo.

O Coaching com Psicodrama se diferencia das demais abordagens pela forma rápida e eficaz de trabalhar as dificuldades e inadequações nos papéis. Com a possibilidade de uma nova percepção/competência é possível atualizar o que não é adequado para que seja possível exercer novas escolhas.

No Coaching com Psicodrama o Coachee ao ser convidado para refletir sobre sua ação e, ao ser impulsionado a agir, passa a descobrir onde existe a falta de espontaneidade e quais papéis são inadequados. Na ação dramática, o conhecimento, a respeito de suas atitudes e comportamentos vai se ampliando, possibilitando a dissolução de suas cristalizações de seu modo cotidiano de agir quando desempenha seu papel profissional.

Coach

É o profissional especializado em técnicas de Coaching.

O Coach tem a função de estimular, apoiar e despertar no coachee( cliente),  suas potencialidades para que este conquiste tudo o que deseja.

As sessões de Coaching, individuais ou em grupo, tem a duração de uma ou duas horas e  podem ser realizadas semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente, dependendo do objetivo, tudo isso definido em comum acordo entre Coach e Coachee. Por ser um processo completamente flexível, o Coaching pode ser aplicado em qualquer contexto e direcionado a pessoas, profissionais das mais diversas profissões e empresas de diferentes portes e segmentos.

Coachee

É o sujeito do processo de Coaching. Ele é estimulado a reconhecer e desenvolver suas forças, a ultrapassar suas resistências internas e interferências, a fortalecer sua identidade e valores, trazer os sonhos para a realidade objetiva. Através de feedbacks informacionais e comportamentais, o aprendizado torna-se possível.

No processo de Coaching com Psicodrama os resultados são conseguidos com a máxima qualidade e o menor desgaste possível. Ocorre maior fluidez nas relações interpessoais, profissionais e nos papéis relacionados.

Vantagens da metodologia do Coaching com Psicodrama

Por intermédio do trabalho de coaching com psicodrama é possível que o coachee possa desenvolver:

  • Os desafios da função que exerce, bem como seus bloqueios;
  • Rever seu papel profissional, à luz de suas competências, momento de vida, relações com chefias e colegas;
  • Comprometimento com o processo de mudança, tornando- se proativo no processo.
  • A capacidade de lidar e aprender com o novo, trazendo sonhos e objetivos para a realidade.

O Processo de Coaching com Psicodrama atua em três dimensões:

Auto Conhecimento –Identificação dos papéis inadequados, falta de espontaneidade .Através de reflexões  e cenas, vai se ampliando o conhecimento a respeito das atitudes e comportamentos do coachee  antes não entendidos ou percebidos.

Ação –Fazer o que tem que ser feito para alcançar o objetivo pretendido. São acordadas tarefas a serem desenvolvidas pelo coachee para desenvolvimento de suas competências e aprimoramento contínuo.

Resultados Desejados- Para chegar a um resultado desejado precisamos saber para onde queremos ir. É necessário definir claramente os objetivos a serem atingidos e as metas a alcançar.

Alice e o GatoEssa ilustração evidencia bem a questão, uma vez que, para se chegar aos resultados desejados precisamos saber aonde queremos ir.

No livro clássico: ”Alice No País das Maravilhas” podemos perceber o quão perdida Alice se encontrava ao pedir ajuda ao Gato.

Por sua vez, o Gato lhe responde: “Para quem não sabe onde vai, qualquer caminho serve”.

Se Alice participasse de sessões de Coaching ela seria orientada a se reconhecer como agente de seu próprio destino, ampliando o conhecimento a respeito de suas atitudes e comportamentos antes não entendidos ou percebidos.

O processo de Coaching ajudaria Alice a entender com clareza e coerência os resultados desejados, assim como a relação entre os resultados desejados e as exigências do contexto.

Luci Pereira
Diretora do Blog

Luci Pereira

CRP 05/4475. Mestre em Psicologia Social; Pós-Graduada em Recursos Humanos; Psicóloga; Dinamicista; Psicodramatista e Coach. Consultora de organizações públicas e privadas de médio e grande porte, nacionais e multinacionais com atuação no planejamento e execução de programas de treinamento e desenvolvimento de pessoas, elaboração de projetos de consultoria voltados para pesquisas e comportamento organizacional como subsídio para formulação de políticas e/ou planejamento dos sistemas técnicos de RH, orientação vocacional e profissional, coaching e mentoring.Participação como palestrante em congresso nacional de Psicodrama. Consultora DISC E-TALENT.

Adicionar comentário

* Complete todos os campos corretamente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.